A Teologia do Preciosíssimo Sangue de Jesus Cristo: A Caridade do Sangue de Cristo no pensamento do Beato Tomás Maria Fusco

Maria Clara da Silva Machado, Nelma de Matos Egídio

Resumo


O presente artigo analisa a teologia da Caridade do Sangue de Cristo no pensamento do Beato Tomás Maria Fusco, partindo do conceito bíblico de sangue no Antigo Testamento, passando pelo sangue na Nova e Eterna Aliança, até chegarmos ao caráter específico enquanto Caridade do Sangue, próprio do Beato. A análise é feita a partir do caminho de Caridade (Amor) que Deus escolheu percorrer para a salvação do homem: “Deus amou tanto o mundo, que entregou seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16). Deus Pai, que em seu amor extremo, entrega seu Filho único à morte para a salvação e redenção do homem. O Filho que acolhe a vontade do Pai e se entrega, por amor, até o derramamento de todo o seu Sangue no Sacrifício da Cruz. E o Espírito Santo que eleva, presentifica e atualiza esse sacrifício, como fonte perene de salvação que jorra por toda a eternidade, alcançando desde Adão até o último homem que nascer na face da terra.  Nesta mesma linha de análise chegou-se à apreciação e à conclusão de que no Sangue derramado de Jesus Cristo Crucificado está a forma mais radical do amor de Deus pela humanidade, e que há uma estreita ligação entre a Redenção que Ele realiza na plenitude dos tempos e o sinal do sangue que percorre toda a Sagrada Escritura.

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.