Dois caminhos para uma mesma prática: soteriologia e sacramentos dos escravos de Beneditinos e Jesuítas na América colonial (séculos XVII e XVIII)

Carlos Engemann

Resumo


Resumo: Este artigo investiga os diferentes caminhos históricos tomados por jesuítas e beneditinos no debate sobre a importância da graça e do livre-arbítrio na justificação, e as implicações destes posicionamentos na construção de uma prática sacramental para os seus escravos. Com base nas fontes disponíveis para ambas as ordens buscou-se também investigar os aspectos mais pragmáticos desta prática sacramental, em especial o que diz respeito aos sacramentos do matrimônio e do batismo.

Palavras-chave: Beneditinos. Jesuítas. Escravidão. Sacramentos. Matrimônio. Batismo

Abstract: This article investigates different historical pathways taken by Jesuits and Benedictines on the discussion about magnitude of grace and freewill in salvation and the implications of these positions in the building of a sacramental practice for their slaves. Based on documents available for both orders, we sought to investigate the more pragmatic aspects of this sacramental practice, mainly matrimony and baptism.

Keywords: Benedictines. Jesuits. Slavery. Sacraments. Matrimony. Baptism. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.