O logos segundo o pensamento de Joseph Ratzinger/Bento XVI: uma reflexão introdutória

Ariadini Silva da Cunha, Michelle Figueiredo Neves

Resumo


A compreensão sobre o conceito de logos constitui um dos pontos centrais do pensamento teológico de Joseph Ratzinger/Bento XVI que, a partir do Evangelho de São João, fundamenta a seguinte verdade: Jesus é o próprio Logos, que dá sentido a todas as coisas. Este estudo introdutório está delimitado aos compêndios Introdução ao Cristianismo: preleções sobre o Símbolo Apóstólico (1968) e aos tomos da obra Jesus de Nazaré: A Infância de Jesus (2012) e do batismo no Jordão à transfiguração (2007). Demonstra, em linhas gerais, como o vocábulo grego logos é compreendido em diversas correntes do pensamento filosófico. Aborda o tema segundo os escritos neotestamentários, especialmente nos livros de autoria joanina, atestando o termo logos como inserido no Mistério da Salvação. Joseph Ratzinger/Bento XVI corrobora com o fato de a face real de Jesus Cristo ser marcada pelo príncipio que ordena o cosmos e a razão, unindo toda a existência a Si, conferindo-lhe sentido real.

Palavras-chave: Logos. Joseph Ratzinger. Bento XVI. Evangelho de São João.


Abstract: The comprehension of the concept of logos is one of the central points of Joseph Ratzinger/Benedict XVI’s theological thought, which, based on the Gospel of Saint John, establishes the following truth: Jesus is the Logos himself, who gives meaning to all things. This introductory study is limited to the compendia “Introduction to Christianity: lectures on the Apostolic Symbol” (1968) and the volumes of the work “Jesus of Nazareth: The Childhood of Jesus” (2012) and “from the baptism in the Jordan to the transfiguration” (2007). It demonstrates, in general lines, how the greek word logos is understood in different philosophical movements. It addresses the theme according to the New Testament writings, especially in those books written by John, which demonstrates the term logos to be inserted in the Mystery of Salvation. Joseph Ratzinger/Benedict XVI corroborates the fact that the real face of Jesus Christ is marked by the principle that orders the cosmos and reason, uniting all existence to Himself, giving it real meaning.

Keywords: Logos. Joseph Ratzinger. Benedict XVI. Gospel of Saint John.


Texto completo:

PDF

Referências


BENTO XVI, PP. A infância de Jesus. São Paulo: Planeta, 2012. p. 11-20

______. Deus Caritas Est. 11. ed. São Paulo: Paulinas, 2011.

______. Jesus de Nazaré: primeira parte: do batismo no Jordão à transfiguração. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2007. p. 193-246

BÍBLIA DE JERUSALÉM. Nova edição revisada e ampliada. São Paulo: Paulus, 2002. 10ª reimpressão. 2015.

BORN, A.V.D. Logos. In: Dicionário Enciclopédico da Bíblia. Petrópolis: Editora Vozes Ltda, 1977. p. 898-899

CONCÍLIO VATICANO II. Gaudium et Spes. 17. ed. São Paulo: Paulinas, 2011.

JAPIASSÚ, H; MARCONDES, D. Logos In: Dicionário Básico de Filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001. p. 121

RATZINGER, J. Dogma e Anúncio. São Paulo: Edições Loyola, 2007. p. 96-97

______. Introdução ao Cristianismo. 8. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2015.

SPRINGSTED, E. O.; ALLEN, D. Filosofia para entender teologia. 3. ed. Santo André: Paulus, 2010. p. 14-77.

TUNÍ, J.O. Escritos joaninos e cartas católicas. São Paulo: Editora Ave-Maria, 1999. p. 103


Apontamentos

  • Não há apontamentos.