A alegria do amor no esplendor da verdade: gradualidade pastoral e não gradualidade na Lei

José Rafael Solano Durán

Resumo


Este artigo se propõe a desvendar um aspecto particular da exortação, a saber a Lei da Gradualidade e a sua proximidade com a Encíclica apresentada pelo Papa São João Paulo II em seis de agosto de 1993, O Esplendor da Verdade (Veritatis Splendor).  Há uma relação próxima entre uma e outra no que diz respeito à Lei da Gradualidade. Aprofundando em um dos seus numerais, podemos evitar equívocos e interpretações desnecessárias como algumas que estão impedindo que o texto da Amoris Laetitia chegue no meio dos teólogos e do povo como uma exortação verdadeiramente relevante na caminhada da Igreja no âmbito da família.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.