Teologia Fundamental, uma disciplina voltada ao diálogo: breve percurso histórico na perspectiva de Pié-Ninot

Luiz Cláudio Moraes Correia

Resumo


O presente artigo discorre sobre as evoluções da história e do significado que a disciplina de Teologia Fundamental foi adquirindo ao longo do tempo, desde quando surgiu outrora com o nome de Apologética, num contexto histórico específico, até o entendimento atual de uma disciplina que trata os fundamentos da fé assumindo, daí, um escopo ampliado com o nome de Teologia Fundamental. Percebe-se que o sentido original, entendido como a “defesa da fé”, foi se transformando e ampliando ao longo do tempo até chegar aos fundamentos da própria Teologia, abarcando, não tanto uma defesa da fé, mas uma credibilidade na fé da Igreja Católica. Nos dias atuais, por vezes, a disciplina tem seu escopo ainda mais ampliado, voltada a facilitar o diálogo ecumênico e o diálogo interreligioso. Tal desenvolvimento histórico se passa na perspectiva das obras de Teologia Fundamental do teólogo espanhol Salvador Pié-Ninot.

Palavras-chave: Teologia Fundamental. Salvador Pié-Ninot. Apologética. Credibilidade. Igreja Católica.


Texto completo:

PDF

Referências


BÖTTIGHEIMER, Christoph. Manual de Teologia Fundamental: a racionalidade da questão de Deus e da revelação. Petrópolis: Vozes, 2014.

BURGGRAF, Jutta. Teologia Fundamental. Manual de iniciação. Lisboa: Diel, 2005.

COMPÊNDIO do Vaticano II: constituições, decretos e declarações. Boaventura Kloppenburg (int.). Frederico Vier (coord.). 19. ed. Petrópolis: Vozes. 1987.

DENZINGER, Henrich; HÜNERMANN, Peter. Compêndio dos Símbolos, Definições e Declarações de Fé e Moral. Trad. da 40. ed. São Paulo: Paulinas; Loyola, 2007.

FEINER, Johannes; LOEHRER, Magnus. Mysterium Salutis: Compêndio de Dogmática. As Propriedades da Igreja. Vol. IV/3. Petrópolis: Vozes, 1981.

FISICHELLA, Rino. Introdução à Teologia Fundamental. 5. ed. São Paulo: Loyola, 2015 (Coleção IDT).

FRANCISCO, Pp. Constituição Apostólica “Veritatis Gaudium”: Sobre as Universidades e as Faculdades Eclesiásticas. 08 dez. 2017. 1. ed. Coleção A Voz do Papa, doc. 205. São Paulo: Paulinas, 2018.

INSTITUTO DIOCESANO DE ENSINO SUPERIOR DE WUERZBURG, Teologia para o cristão de hoje. São Paulo: Loyola, 1975.

JOÃO PAULO II, Pp. Carta Encíclica “Fides et Ratio”: Sobre as relações entre fé e razão. 14 set. 1998. 6. ed. Coleção A Voz do Papa, doc. 160. São Paulo: Paulinas, 2002.

______. Constituição Apostólica “Sapientia Christiana”: Sobre as Universidades e Faculdades Eclesiásticas. 15 abr. 1979. Disponível em: http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/ apost_constitutions/documents/hf_jp-ii_apc_15041979_sapientia-christiana.html>. Acesso em 21 mar. 2022.

KONINGS, Johan; ZILLES, Urbano (Orgs.) et al. Religião e Cristianismo. 7. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1997.

LATOURELLE, René; FISICHELLA, Rino. (Dir.). Dicionário de Teologia Fundamental. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2017.

LATOURELLE, René; FISICHELLA, Rino; PIÉ-NINOT, Salvador (Dir.). Diccionario de Teología Fundamental. 3. ed. Madrid: San Pablo, 1992 (revisão feita por Pié-Ninot em 2010).

LIBÂNIO, João B. Introdução à Teologia Fundamental. São Paulo: Paulus, 2014.

______. Teologia da Revelação a partir da Modernidade. 6. ed. São Paulo: Loyola, 2012 (Coleção Fé e Realidade, n. 31).

ORTEGA, José L. C.; CARBALLADA, Ricardo de L. (Eds.). Testimonio y sacramentalidad: homenaje al Profesor Salvador Pié-Ninot. Salamanca: San Esteban, 2015 (Colección Aljibes n. 4).

PIÉ-NINOT, Salvador. La Teología Fundamental. 7. ed. Salamanca: Secretariado Trinitario, 2009 (Coleção AGAPE, n. 7).

______. Teología Fundamental. Madrid: BAC, 2016 (Coleção “Sapientia Fidei”. Serie de Manuales de Teología, n. 37).

SESBOÜÉ, Bernard (Dir.); THEOBALD, Christoph. A Palavra da Salvação: séculos XVIII – XX. São Paulo: Loyola, 2006 (Coleção História dos Dogmas, tomo 4).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.